Sejam bem vindas e bem vindos para conversa regada a uma boa xícara de chá.Qual o seu preferido?


sábado

de gata borralheira a Ana Wintour


Quando vim para o Ceará trouxe malas e malas de roupas e sapatos. No mês seguinte comecei a trabalhar na senzala área da hotelaria e usava uniforme, e só tinha uma folga na semana quando não era suspensa. E quando essa folga não era suspensa eu aproveitava para ficar o dia todo com meu filho. Maquiagem no Ceará, só se for para você fazer varias versões do Coringa. Roupas, foram sendo dadas, jogadas fora, e praticamente não repondo (uniforme,uniforme,uniforme), maquiagem completa doada para o grupo de animação do hotel, os sapatos alguns foram extraviado outros também não repus. Numa cidade onde até hoje as ruas se não for areia é de paralelepípedo-consumidor-voraz-de-saltos. E então os anos foram passando. E todo o brilho por me vestir, me sentir bonita foi sendo sufocado pelo consumo do trabalho de 12 a 16 horas por dia. Onde também não tinha a menor sintonia com  as pessoas daqui, nem mulheres para conversar, nem homens para namorar. Um peixe fora da água. Mas porque continuei aqui? Para dar uma vida com mais qualidade ao filho, que em São Paulo viveria de creche em creche, solavancando horas dentro de condução popular e correndo todos os riscos que uma cidade como São Paulo oferece. 
Escolhas...

Quando ía capital sentia uma vontade de comprar roupas, do nível que estava acostumada quando morava no sudeste,mas para quê??? para quem??? para servir de almoço para as traças do guarda-roupa??? Porque pouco vou a capital.
E por todos esses longos, inacabáveis 16 anos vivi numa depressão-visual. Só não enlouqueci porque sempre mergulhei nos meus livros e revistas. E com o tempo na internet.
Nesse último ano em contato mais estreito com o mundo dos blogs fui tendo contato com os blogs fashion. E me incomodava (em nivel 11 e a escala é de 0 a 10) ver os post sobre os novos esmaltes, cremes para cabelos,pele, maquiagem, roupas, sapatos e outros acessórios, e logo passava pra o post ou blog seguinte. 
Mas ficava com a sensação incômoda de: não pertenço mais aquele mundo...e ficava me consolando dizendo que ao menos não estava compulsiva por ter 4 modelos diferente da mesma coleção de sapatos da artista X ou os 8 estojos das cores de sombra primavera-verão.
Mas quem disse que eu era assim, quando fazia parte do mundo de onde vim???

Acho que lá no fundo, a opção por Design de Moda, foi como um exorcismo de toda essa minha depressão. 
Sabe,como se eu não me permitisse ter/ser o que fui, mas como desculpa de sê-lo?: agora tenho a obrigação de me vestir bem!Agora faz parte do meu respirar como ofício e não por futilidade saber qual a tendência disso ou daquilo.

Muito mais que um canudo, esse curso está sendo meu divã.

E fica a dica pro fim de semana para quem ainda não viu e para quem viu também: O Diabo veste Prada ou September Issue com a própria Ana Wintour.

*amei a foto da gata-borralheira moderna, minha cara

8 comentários:

Quarto de Despejo disse...

Que bacana que você está fazendo um curso que gosta, e melhor ainda com uma bolsa! O que só te qualifica mais ainda!

É estranho esse tipo de coisa que vc contou, tipo quando mudamos de cidade e por motivos outros, vamos mudando nossa maneira de nos tratarmos visualmente. Vamos deixando prá lá.
Que bom que você redescobriu o gosto de curtir uma boa produçãovisualfashion... :)
É tão gostoso a gente se sentir bonita e bem, dentro de uma roupa não é?
E maquiagem? Adoro! Mas só uso rímel e baton/gloss. Vou te confessar que ADORO comprar batons... pior que acaba sendo tudo sempre meio parecido... hehe

Não há possibilidade de eu sair de casa sem baton e sem brinco. Só em caso de incêndio! (toc-toc)

Gostei tanto do "Diabo veste Prada" que comprei o DVD.

Bj,

Lucia

Simony Silva disse...

Livia, adoro o que voce escreve, mas parece que ultimamente voce mergulhou de cabeca dentro de voce mesma, numa viagem de auto-estima, de procura, de prazer e felicidade. Fiquei arrepiada (verdade!) depois que li esse ultimo post. Como e bom nos re-encontrar dentro de nos mesmo, nao e?
Fico feliz por voce, sei como isso tudo e importante na vida de uma pessoa. Engracado que estava compondo um post sobre portas na vida da gente, e tem tudo a ver com isso que voce acabou de falar.
Boa jornada! Felicidades e nunca desista dessa procura. Beijao.

Andrea Guim disse...

Oi,Livia!! Feliz dia do blogueiro!!!

Amanhã o Blog'Arte vai fazer sua primeira PROMÔ!!!
Não deixa de passar por lá e participar!!!

Beijins,
Andrea Guim

Livia Luzete disse...

Oi Lucia, menina que bom desabafar e ser entendida!!!
Eu também fico no básico, um batom e um rimel incolor no dia e preto para a noite. E também meio que repito as cores, os tons! hahaha com tantas cores, né?

O filme O Diabo veste Prada é uma lição de vida. Na época que vi, trabalhava numa secretaria municipal e pude fazer comparativos. Lá tinha a "Miranda" (que era própria secretária que se achava, mas não tinha 1/4 da capacidade da Miranda. hhahaha), a Andy a Emily, todos!

Beijo e bom fim de semana.

Livia Luzete disse...

Oiie Simony - que bom que você veio para o chá-filosófico também! hehehe
Será que estou crescendo? Não sei, só sei que é bom poder nos enxergar e ter coragem de fazer as mudanças necessárias. Obrigada por toda força. Foi como disse a Lucia, que bom desabafar e ter o apoio as amigas.
Beijo beijo

Livia Luzete disse...

Andrea - pode contar com minha presença e participação!!!Bjim.

E para todas Feliz Dia da Blogueira!!!

ઇ‍ઉ mell® ઇ‍ઉ disse...

Livia

Olha só, eu que moro em uma cidade que se pode e deve usar maquiagem e tudo o mais, porém também sofro do mal hotelaria!
É isso mesmo: uma folga por semana e 3.557 coisas para fazer!

Só tem duas opções: tira esse dia e faz 1/10.
Ou não faz nada, toma banho, bota a roupa que quase nunca usa (síndrome de uniforme, uniforme, uniforrrmeeeee), faz uma preparação casual make-up-básica e bota as panturrilhas na rua!

Senão a vida passa e a gente vira uva... éca!
(Éca para a vida insonsa, porque eu gosto da uva-passa!)

Mas eu nunca achei voce gata-borralheira, ta? Seu espírito civilização só estava hibernando...

bee

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
LIVIA LUZETE

ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE LOVE STORY, CABALLO, LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL.

José
ramón...