Sejam bem vindas e bem vindos para conversa regada a uma boa xícara de chá.Qual o seu preferido?


segunda-feira

Às vezes é preciso...





"Dentro de você, existem duas teclas poderosas, Delete e Arquive ... use-as com sabedoria!

Delete:
tudo aquilo que não valeu a pena, quem mentiu,
quem enganou seu coração, quem teve inveja,
quem tentou destruir você, quem usou máscaras,
quem nunca chegou a saber exatamente quem você é ...

Arquive:
as pessoas reais, ainda que virtuais, que cederam
carinho, tempo, palavras, conselhos, a mão, o coração.
Pessoas que, de um jeito ou de outro, ajudaram você
a ser um pouco melhor.
Lute por seus ideais!"

Acredito que sempre na vida vamos ter momentos onde devermos ter coragem para apertar a tecla DEL. É difícil. Porque sempre trazemos em nós a esperança que algo mude, mude para não termos que "dar um delete". Mas nem sempre essa mudança acontece.
Começo de ano novo bom para fazer algumas "limpezas"...
Faço aqui uma fusão do que diz o texto sobre o delete e o arquive-se.
Vou guardar, arquivar a pessoa real, semi-virtuais, que cedeu
carinho, tempo, palavras, conselhos, a mão, o coração.
Pessoa essa que, de um jeito ou de outro, ajudou
a mim ser um pouco melhor...
...mas...
é hora de deletar essa mesma pessoa...que não tem mais tempo nem para ser virtual...
como posso esperar que venha a se tornar real???
Só desejo para a mesma que em seu caminho dê os mesmo motivos a(s) outra(s) pessoa(s) que me dá hoje para arquivá-la em meu coração virtual.
Mas que não dê o mesmo motivo que me dá agora para deletá-la de meu coração real.

Que as borboletas que um dia estiveram no estômago e que saiu pela boca...te mostre o caminho para você ser feliz!!!

*Imagens encontradas no google

4 comentários:

Priscila Sant'Anna disse...

Olá amiga Lívia,

Não foram raras as vezes que aqui cheguei e me deparei com textos que me propiciaram uma bela reflexão e hoje acontece novamente.

Há pessoas que acessam os blogs e passam os olhos,não degustam o texto, algo que considero não só uma falta de cordialidade com quem posta, mas também perde uma ótima oportunidade para reflexão, né?

Apertar a tecla do delete realmente não é algo fácil, mas em certos momentos da nossa vida é muito necessário. Optamos por vezes em "empurrar com a barriga", ou em viver o conflito mudo, velado, o que é, na verdade, muito pior do que "rodar a baiana" e apertar o delete com vontade e convicção.

Obrigada Livia, por compatilhar esse texto comigo. Estou num momento bem propício a deletes e arquivamentos e para mim a reflexão veio a calhar.

Beijos
Pri e Bia

Livia Luzete disse...

Amiga Priscila - você já viu como compactamos de inúmeros pontos de vista???
Eu quando entro num blog leio tudinho o que foi postado e muitas vezes, quando o tempo permite olhos outros post antigos e tem cada pérola.
Sim é difícil apertar o DEL,mas quando a outra pessoa não o faz...alguém tem que fazer..rsrsr
Beijokas as duas!!! Boa terça-feira.

Laura Levorin disse...

Adorei o texto. vou linkar no meu twitter..posso?
e aí,como foi a festa? espero que tenha aproveitado muito.

Livia Luzete disse...

Laura - leve sim o texto. Para mim uma honra.Beijokas.